terça-feira, maio 09, 2006

 

Noite? Que Noite?

Acabou-se a noite aqui em Oulu. Desde este fim-de-semana que não há noite aqui nesta terra. Agora vê-se sempre uma réstia de claridade no céu. Não se vêem estrelas nem o céu negro da noite. O que complica muito as coisas. Por exemplo, é difícil aperceber-me que já são horas de ir dormir porque à meia-noite parecem que são ainda umas oito da tarde. Sair à noite? Mas é sempre dia! Sair para ir a um bar as dez da noite e ainda estar sol e depois sair do bar à meia-noite e ainda estar claro. Irmos até uma discoteca, onde não há janelas, dançamos e quando vamos a sair, como nunca passa das 4 da manhã (o horário de fecho das discotecas aqui) o corpo está programado para ver noite. Mas qual quê! Às 4 da manhã aqui já o sol brilha e os passarinhos cantam.

Eu gosto desta cidade assim. Sempre com luz solar. Mas que confunde, confunde. E agora apercebo-me de outra coisa. É impossível, nesta cidade, ter uma noite romântica sob as estrelas. No Inverno é demasiado frio e no Verão não há noite.

Comments:
tens q comprar daquelas estrelas q tinhas notecto do teu quarto em LX!!!
 
Gaja, porque é que chegaste primeiro??? Eu ia escrever isso... copiona...
 
Granda pinta!!!
Tudo bem que a parte da noite é complicada, mas agora 24h de dia...!
Granda pinta!!!
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?